Bullying


  Ao falar de Bullying nos faz pensar o quanto antigo é este fenômeno, mais antigo que a escola.

  Bullying é definido como um ato caracterizado pela violência física e/ou psicológica, de forma intencional e continuada, de um indivíduo, ou de vários indivíduos contra outra pessoa, causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.

  O agressor inferioriza e se impõe sobre o outro e na maioria das vezes o agredido sente-se humilhado e se envergonha em denunciar e se mantém em silêncio.

  Este silêncio pode ser causado por diversos fatores:

·         Não querem parecer frágeis;

·         Medo de decepcionar os pais;

·         Sentem-se culpados e acham que merecem o que estão passando.

  Fiquem atentos quanto aos sinais de Bullying:

·         Hematomas e machucados;

·         Roupas sujas e rasgadas;

·         Isolamento social;

·         Queda no desempenho escolar;

·         Dificuldade de fazer amigos;

·         Não quer sair de casa.

  A psicoterapia pode ajudar a resgatar a autoestima, precisa existir um trabalho de fortalecimento emocional, a pessoa que esta sofrendo com o Bullying precisa de um suporte e o psicólogo pode ajudar com orientações aos pais e educadores.


Dica de Leitura: Livro ‘Laís, a fofinha’ trata, de maneira sutil e adequada às crianças, temas atuais e preocupantes como autoestima, bullying e obesidade infantil, por meio da história de uma menina gordinha que sofre com gozações e apelidos dos colegas da escola. De tanto ouvir as outras crianças a chamarem de gorda, Laís acaba acreditando que é feia e se fecha em sua tristeza. Mas quando surge a oportunidade de realizar o sonho de ser atriz, a menina precisa de coragem para se aceitar como é. Ótimo para ler com os pais ou para discutir em sala de aula.